Buenos Aires e Rio Negro, 6 Dias Adicionar a Favoritos

Buenos Aires + Bariloche

À sua escolha com estadia em praia

A partir de  R$  3.690  R$  2.795
Buenos Aires e Rio Negro: Buenos Aires + Bariloche, à sua escolha com estadia em praia

Conheça Buenos Aires e Bariloche

Um maravilhoso itinerário para descobrir a animada capital e conhecer recantos de uma beleza surpreendente. Bariloche é uma cidade localizada em meio a bosques milenares, montanhas cobertas de neve e lagos cristalinos na província do Rio Negro, na Argentina. É um cartão postal da nossa Patagônia. Uma cidade anfitriã por excelência e repleta das belezas naturais mais importantes do país.

Serviços incluídos na viagem

  • Voo de Ida e Volta.
  • Traslado do aeroporto ao hotel em Buenos Aires.
  • Estadia no hotel selecionado em Buenos Aires.
  • Regime selecionado em Buenos Aires.
  • Traslado do hotel em Buenos Aires ao aeroporto.
  • Voo de Buenos Aires a Bariloche .
  • Traslado do aeroporto ao hotel em Bariloche .
  • Estadia no hotel selecionado em Bariloche .
  • Regime selecionado em Bariloche .
  • Traslado do hotel em Bariloche ao aeroporto.
  • Seguro de viagem.

Notas importantes

  • - Os quartos triplos em Argentina são geralmente com duas camas individuais ou uma cama de casal onde se instala uma "cama de armar" adicional para acomodar a terceira pessoa, com os inconvenientes que esse tipo de acomodação possa causar. Por isso, na medida do possível, desaconselhamos reservas nesse tipo de quarto.
  • - Consulte o seu centro de vacinação internacional para saber quais as medidas de saúde preventivas recomendadas.
  • - Consulte o seu centro de vacinação internacional para saber quais as medidas de saúde preventivas recomendadas.
  • - O cartão de crédito é considerado uma garantia, pelo que, por vezes, o seu uso é imprescindível para se registar nos hotéis.
Itinerário Completo

Dia 1: Cidade de origem - Buenos Aires

Saída com destino Buenos Aires. Chegada e traslado do aeroporto ao hotel selecionado em Buenos Aires. Resto do dia livre. Hospedagem.

Dia 2: Buenos Aires

Dia livre. Hospedagem.

Dia 3: Buenos Aires

Dia livre. Hospedagem.

Dia 4: Buenos Aires - Bariloche

À hora combinada, traslado ao aeroporto. Voo de Buenos Aires a Bariloche . Chegada e traslado do aeroporto ao hotel selecionado em Bariloche . Resto do dia livre. Hospedagem.

Dia 5: Bariloche

Dia livre. Hospedagem.

Dia 6: Bariloche - Cidade de origem

À hora combinada, traslado ao aeroporto. Voo com destino Cidade de origem. Chegada. Fim da viagem e de nossos serviços.

Buenos Aires

Buenos Aires (lit. "Bons Ares", em português) é a capital, bem como a maior e mais importante cidade da Argentina, figurando como a segunda maior área metropolitana da América do Sul, depois da Grande São Paulo. A cidade está localizada na costa oriental do Rio da Prata, na costa sudeste do continente sul-americano. A cidade de Buenos Aires não faz parte da Província de Buenos Aires e nem é sua capital, mas sim, é um distrito federal autônomo. A Grande Buenos Aires, como é chamada sua região metropolitana, é a terceira maior aglomeração urbana da América Latina, com mais de 13 milhões de habitantes (2010), superada somente pela Grande São Paulo e pela Grande Cidade do México[2] Buenos Aires é considerada uma cidade global alfa pelo inventário de 2008 da Universidade de Loughborough (GaWC).

Após os conflitos internos do século XIX, Buenos Aires foi federalizada e removida da Província de Buenos Aires em 1880. Os limites da cidade foram ampliadas para incluir as antigas cidades de Belgrano e Flores, que agora são bairros da cidade.

O setor de maior importância na economia é o dos serviços, que representa 74% do Produto Interno Bruto (PIB) nominal da capital argentina. A indústria manufatureira é o segundo, tendo gerado em 2006 $26.454 milhões - cerca de 17% do PIB.

A cidade é também o centro cultural de maior importância da Argentina e um dos principais da América Latina. A importante oferta cultural encontra-se representada na grande quantidade de museus, teatros e bibliotecas, sendo alguns deles os mais representativos do país. Também se destaca a atividade acadêmica, já que algumas das universidades mais importantes da Argentina têm sua sede em Buenos Aires. Deve destacar-se que a cidade foi eleita pela UNESCO como Cidade do Design em 2005.

Buenos Aires foi originalmente nomeada após o santuário de "Nostra Signora di Bonaria" (italiano para "Nossa Senhora de Bonaria"), em Cagliari, na Sardenha. Na Constituição de 1994, a cidade tornou-se autônoma, daí o seu nome formal: Ciudad Autónoma de Buenos Aires, em Português, Cidade Autônoma de Buenos Aires. Pessoas nascidas em Buenos Aires são chamadas de "porteños".

Ver o guia completo

Bariloche

Bariloche, cujo nome oficial é San Carlos de Bariloche, é uma cidade da Argentina, localizada na Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes na fronteira com o Chile. Está rodeada por lagos (Nahuel Huapi, Gutiérrez, Mascardi) e montanhas, como o Cerro Tronador (3354 m de altitude, na fronteira com o Chile), o Cerro Catedral (movimentada estação de esqui) e o Cerro López. Possui cerca de 130 mil habitantes.

Bariloche está situada numa micro-zona climática e de vegetação de floresta temperada. Seu clima é temperado, influenciado pela proximidade dos Andes, e suas florestas se mantêm graças à abundância de água dos grandes lagos glaciais, como o Nahuel Huapi. No inverno (junho a agosto), as temperaturas caem abaixo de zero e a maior quantidade de neve nas montanhas mais altas dá início à temporada de esqui. Afastando-se poucos quilômetros para leste da cidade, porém, o clima se torna mais seco, surgindo a fria estepe da Patagônia, com sua vegetação de gramíneas cada vez mais esparsas, até que a paisagem se torna a de deserto.

A principal atividade econômica de Bariloche é o turismo. Além das montanhas onde se podem praticar esqui e "snowboard" (Cerros Catedral e Tronador) destacam-se o Parque Nacional Nahuel Huapi, a travessia dos lagos andinos até o Chile, a Isla Victoria (no lago Nahuel Huapi), a região de El Bolsón (ao sul da cidade), a Colonia Suiza (em meio a bosques, na qual se situa um museu que conta a imigração suíça para a região) e os percursos turísticos chamados Circuito Chico e Circuito Grande, com paradas em vários pontos de onde se têm vistas panorâmicas dos bosques e montanhas ao redor da cidade. Seu comércio voltado para o turismo é principalmente de artigos de lã, couro e chocolates. Para os interessados em turismo de aventura, há opções de "rafting", cavalgadas, "parapente" e ciclismo de montanha

Ver o guia completo